Cooper - A nossa Cooperativa

Programas

PROGRAMAS

POLÍTICA DE APOIOS E PATROCÍNIOS SOCIAIS

image

Conheça sobre as políticas para
ações sociais, culturais e esportivas
de apoio e/ou patrocínio que
envolvam a Rede Cooper.

Seguindo a filosofia cooperativista e buscando manter uma relação de transparência com os diversos públicos com quem se relaciona, a Rede Cooper estabeleceu uma política de apoio e/ou patrocínios que está claramente ligada ao seu negócio e missão.

  • A Rede Cooper apoia projetos que contribuam com o desenvolvimento social das comunidades onde está inserida.
  • A Rede Cooper desenvolve e patrocina projetos que estejam relacionados com os valores do cooperativismo (cidadania, qualidade de vida, respeito ao meio ambiente) e que contribuam para o equilíbrio econômico, social-ambiental e cultural. Tudo alinhado aos princípios cooperativistas de integração com a comunidade.
  • Os projetos podem receber recursos para sua execução, desde que se enquadrem nos limites disponíveis.
  • As atividades de patrocínios, pela Lei de Incentivo, estão inseridas na estratégia de Responsabilidade Social da cooperativa.
  • A Rede Cooper acredita na força dos patrocínios para reforçar relacionamentos já existentes com a comunidade e construir novos, disseminando a filosofia cooperativista.



Objetivos dos patrocínios

  • Exercer um compromisso com a comunidade e com as questões de equilíbrio econômico, social, ambiental, cultural e esportivo.
  • Reforçar relacionamentos existentes e construir novos com a comunidade onde a Rede Cooper está inserida.
  • Promover o propósito e valores da Rede Cooper.

A cooperativa tem como prioridade o incentivo
a projetos que atuem nas seguintes áreas:

  • image
  • image
  • image
  • image


Doações


O apoio às entidades beneficentes tem como objetivo amparar
ações e iniciativas das instituições, nas cidades onde a Rede
Cooper se faz presente, por meio de vales-compras.
Para participar desse programa, a entidade beneficente ou o(a)
cooperado(a) deve enviar um ofício para o e-mail
sac@cooper.coop.br, informando a que se refere o pedido, o
objetivo, público atendido, assim como constar dados para contato
(e-mail e telefone), CPF/CNPJ, Inscrição estadual e Nome de um cooperado.
O retorno, seja positivo ou negativo, se dará em até 3 (três) dias úteis.
image

Patrocínio Lei
de Incentivo

Através das leis federais de incentivo, projetos registrados poderão ser apresentados para analise através do e-mail:
Assim, será possível trabalhar em prol do desenvolvimento social da comunidade, gerando melhores indicadores sociais, atuando em rede sob causas comuns, e tendo mais recursos injetados nos municípios onde a Cooperativa está inserida.

APOIO A PROJETOS SOCIAIS

Objetivo

Selecionar projetos que contribuam efetivamente para a proteção, promoção e desenvolvimento social de parcelas da população em situação de vulnerabilidade e risco socioeconômico, que promova equilíbrio econômico, atendendo aos seguintes temas:

Educação: infantil, complementar para jovens e adultos, especial, profissionalizante e para a cidadania.

Assistência Social - Saúde: proteção, amparo e/ou promoção social de parcelas da população em situação de carência, vulnerabilidade, risco socioeconômicos e acesso a serviços gratuitos de promoção, proteção e recuperação da saúde.

Ambiental: visando a sustentabilidade ambiental, buscando inovação e soluções para reduzir e melhorar os impactos ambientais.

Cultural - Esportes: buscando resgatar e desenvolver a cultura local, seja através de eventos culturais, como dança e teatro (entre outros). Na atuação esportiva, projetos que atendam um grupo maior de beneficiados e não apenas alguns indivíduos.



Público-alvo

As entidades beneficentes a serem apoiadas devem beneficiar um ou mais dos seguintes públicos:
  • · Cooperados
  • · Colaboradores
  • · Crianças
  • · Adolescentes
  • · Adultos
  • · Idosos
  • · Comunidades vulneráveis
  • · Dependentes químicos
  • · Deficientes
  • · Comunidade em geral e animais



Área de atuação

Projetos às entidades beneficentes localizadas nas cidades onde a Rede Cooper atua ou, em casos excepcionais, em outras cidades, ficam sob análise.



O que pode ser apoiado

Projetos que estejam alinhados com o objetivo do processo seletivo.



O que não pode ser apoiado

Salários, encargos trabalhistas e previdenciários, aluguéis, impostos/taxas e assessorias técnicas para acompanhamento das obras.



Critérios da seleção

Os projetos e o histórico devem ser apresentados, observando os critérios estabelecidos a seguir:

· Coerência entre a missão da entidade beneficente e a solicitação: objetivos, metas, atividades, resultados esperados e orçamento.

· Contribuições do projeto para o público-alvo e impacto positivo na comunidade ou nos grupos envolvidos.

· Capacidade de autofinanciamento a ser alcançado após receber o apoio financeiro oferecido pela Rede Cooper, de modo a garantir a sustentabilidade do projeto.

· Atendimento gratuito aos usuários.

· Elegibilidade de patrocínios.

· Que estejam alinhados com os valores e com a filosofia da Rede Cooper e que estejam dentro das disposições legais e estatutárias.

· Que resguardem a neutralidade política e a discriminação religiosa, racial e social.

· De esportes não profissionais com objetivo social.

Restrições à pré seleção e concessão dos patrocínios:

De entidades beneficentes que não apresentem as condições de elegibilidade.

De entidades beneficentes que não apresentarem os documentos solicitados.

Projetos que não estejam alinhados com os valores e com a filosofia da Rede Cooper ou sejam contrários às disposições legais e estatutárias.

Patrocínios de cunho religioso e/ou político.

Patrocínios a equipes de esportes profissionais.



Calendário e prazos

Abertura do processo seletivo e prazos de envio dos projetos.

Etapa 1 - janeiro até final da primeira quinzena de março

Etapa 2 - abril até final da primeira quinzena de junho

Etapa 3 - julho até final da primeira quinzena de setembro

Etapa 4 - outubro até final da primeira quinzena de dezembro

Divulgação dos projetos aprovados.

Etapa 1 - Segunda quinzena de março

Etapa 2 - Segunda quinzena de junho

Etapa 3 - Segunda quinzena de setembro

Etapa 4 - Segunda quinzena de dezembro

Repasse dos recursos financeiros e início da execução dos projetos selecionados.

Etapa 1 - Abril

Etapa 2 - Julho

Etapa 3 - Outubro

Etapa 4 - Janeiro do ano seguinte




Disposições finais

· Não são aceitos recursos ou qualquer forma de insurgência contra as decisões que negarem apoio aos projetos.

· Independentemente dos requisitos objetivos, é prerrogativa da Rede Cooper eleger os projetos que mais se identifiquem com seus objetivos estatutários, missão e valores.

· Ao fim do programa, a Rede Cooper realiza uma foto da entrega oficial do benefício para uma das entidades selecionadas, que é publicada nas mídias internas da Rede Cooper, no relatório social anual e pela assessoria de imprensa, que tem como finalidade prestar contas aos cooperados, que são responsáveis pela autorização da verba.

Os projetos selecionados não devem ter outros patrocinadores que sejam concorrentes diretos da Rede Cooper - Cooperativa de Produção e Abastecimento do Vale do Itajaí.



Recursos financeiros

A Rede Cooper pode disponibilizar recursos financeiros para apoio às entidades beneficentes, no exercício do ano vigente, de acordo com a verba pré estabelecida, com valores de até R$ 10.000,00.

O valor mínimo para o aporte é 1,4% da verba aprovada e o valor máximo é 5,7%.

Ainda que os pedidos de apoio ou patrocínio preencham os requisitos expostos na presente Política, é facultado à Rede Cooper conceder o auxílio, especialmente por questões orçamentárias e/ou disponibilidade de recursos.



Documentação

· Descrição do projeto contendo objetivo e detalhes não contemplados no formulário de inscrição.

· Histórico da entidade.

· Ata de composição da diretoria atual (grifando os nomes e dados dos representantes com poderes para firmar acordos, contratos e respectivos mandatos).

· Comprovante de inscrição no cadastro nacional de pessoas jurídicas (CNPJ) da sede e/ou da unidade onde o projeto será realizado (ou que executará o projeto).

· Estatuto social.

· Mínimo de dois orçamentos ou cotações de preços para os itens a serem financiados, devendo constar o nome do(s) fornecedor(es) ou prestador(es), CNPJ/CPF, endereço, dados para contato (nº de telefone, fax, website, e-mail) e data da cotação.

· Títulos e reconhecimentos desejáveis (não obrigatórios).

· Inscrição no CMAS - Conselho Municipal de Assistência Social.

· Inscrição no CNAS - Conselho Nacional de Assistvência Social.

· Declaração de utilidade pública federal, estadual ou municipal.

· Inscrição nos conselhos de direito específico: direitos da criança e do adolescente, de saúde, do idoso, da pessoa com deficiência, entre outros.

· Prêmios e reconhecimentos recebidos.

· CEBAS - Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social.

Podendo ser solicitado documentos complementares ao longo das etapas do processo.

OBS: A forma para entrega dos documentos está descrita nas etapas do processo seletivo.



Etapas do processo seletivo

O processo seletivo é realizado da seguinte forma: inscrição, pré-seleção, seleção, aprovação, execução e prestação de contas.

INSCRIÇÃO

Os projetos devem ser apresentados por organizações da sociedade civil, não governamentais (associações civis ou fundações beneficentes sem fins lucrativos) que prestem atendimento gratuito de forma contínua, permanente e planejada para população em vulnerabilidade ou risco social. A entidade precisa preencher o formulário abaixo para que o setor da Organização do Quadro Social possa seguir com as etapas de seleção. Os documentos obrigatórios e complementares devem ser anexados ao formulário e enviados para o e-mail sac@cooper.coop.br

PRÉ-SELEÇÃO

Após o recebimento dos pedidos ao setor de Organização do Quadro Social examinará e analisará os dados apresentados. Isso é feito respeitando a política de apoio e/ou patrocínio da Rede Cooper descrita anteriormente, considerando relevância do conteúdo proposto, adequação da temática prioritária e compatibilidade orçamentária.

Observação: Cabe à área de Organização do Quadro Social analisar a necessidade da realização de uma visita técnica às entidades beneficentes, visando dialogar com a instituição proponente sobre as necessidades expostas e orçamentos apresentados, bem como avaliar o impacto social decorrente da realização do projeto

Os projetos que avançarem nesta etapa passam a ser identificados como projetos semifinalistas.

SELEÇÃO

Após a análise do setor de Organização do Quadro Social, será apresentada a lista de projetos selecionados para deliberação da comissão responsável pela aprovação dos apoios e patrocínios.

APROVAÇÃO

Os projetos aprovados serão contactados pelo setor de Organização do Quadro Social para sequência do processo.

Os projetos aprovados estarão expostos no site da cooperativa

Não serão contactados os projetos não aprovados.

EXECUÇÃO

A entidade que tiver seu projeto aprovado firma um Termo de Compromisso com a Rede Cooper. Os recursos previstos são concedidos após o recebimento do Termo de Compromisso, preenchido e assinado. Os recursos serão liberados nos prazos a serem acordados, considerando os objetivos da proposta apresentada.

O prazo de execução de cada projeto deve ser de até um ano, contados a partir da assinatura do Termo de Compromisso, podendo ou não ter o período de execução prorrogado, conforme particularidades do projeto.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

A entidade beneficiada deve prestar contas das aquisições realizadas com a verba investida pela Rede Cooper dentro do prazo de execução do projeto. O envio dos documentos deve ser de forma digital para o e-mail sac@cooper.coop.br Na prestação de contas deve constar:

· Relatório financeiro em planilha Excel relacionando todos os custos.

· Fotos do antes e depois.

· Objetivos e metas alcançadas com a realização do projeto.

É importante lembrar que o relatório financeiro deve ser coerente em relação às propostas e ao orçamento aprovado. Caso seja realizado outro direcionamento para a verba, a Rede Cooper deve ser comunicada por ofício, justificando o direcionamento da verba para outra finalidade.

Qualquer dúvida em relação a este material, ligue para unidade de sua preferência ou envie e-mail para

Projetos aprovados

Lista de projetos aprovados referente ao Patrocínio Lei de Incentivo e Projetos

INSTITUIÇÃO Projeto Cidade FINALIDADE DO PROJETO Pessoas atendidas diretamente Tipo de apoio
  1° Pulso        
Associação Timbó Futsal Esporte e Cultura Escola de futebol Timbó Desenvolvimento Infantil através do esporte 30 Fundo Social Cooper
Polícia Militar do estado de Santa catarina Proerd Blumenau Educação de segurança nas escolas de Blumenau 246 Fundo Social Cooper
Escola Esporte Futuro Ltda Escola de futebol Blumenau Desenvolvimento Infantil através do esporte 61 a 100 Fundo Social Cooper
ASSOCIAÇÃO DE AMPARO AS PESSOAS COM CANCER Auxlio a pessoas com câncer Blumenau Fornecer cesta básica para as pessoas portadoras de câncer atendidas pela instituição 30 Fundo Social Cooper
APAMA ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE PAIS E AMIGOS DOS MENORES ATLETAS Escola de futebol Blumenau Desenvolvimento Infantil através do esporte  151 a 300  Fundo Social Cooper
  2° Pulso        
Paróquia Santo Antônio Doação de cestas Básicas a familias carentes, cadastradas Blumenau Fornecer cesta básica para as pessoas atendidas pela instituição 61 a 100 Fundo Social Cooper
Luiz Alberto Ce CARTILHA EDUCATIVA SOBRE DROGAS Blumenau Levar educação a crianças e adolecentes de forma ludica Mais de 1000 Fundo Social Cooper
Hospital Nossa Senhora das Graças Benfeitorias/ manutenção/melhorias - uso para até 90 dias Joinville Manutenção do Hospital/ criaças e jovens  Mais de 1000 Fundo Social Cooper
Risoto do Bem  Risoto do Bem  Blumenau Ação social, que visa agaria fundos a instituições sem fins lucrativos 101 a 150 Fundo Social Cooper
Fundação  Hermann Hering Escolas visita museu - levar cultura as crianças Blumenau Auxilio na alimentação das crianças que visitam o Museu no projeto 101 a 150 Fundo Social Cooper
Acaprena Livro acaprena 50 anos   Apresentar a história da Acaprena e fomentar o movimento para o olhar ambiental do estado Mais de 1000 Fundo Social Cooper
Diocese de Blumenau Paróquia Nossa Senhora da Glória Reforma Igreja Gloria Blumenau Benfeitorias/ manutenção/melhorias Preservando a história da cidade Mais de 1000 Fundo Social Cooper
Independente Livro Culinária e Gastronomia na formação histórica da cidade de Timbó Timbó Educacional e cultural Mais de 1000 Lei incentivo
Institutos de artes integradas de Blumenau 24° Fenatib - Festival nacional para crianças e jovens de Blumenau Institutos de artes integradas de Blumenau Blumenau Educacional e cultural 12 mil Lei incentivo